Educação

Rede pública de ensino encolhe no Paraná, enquanto a particular cresce

(Foto: Franklin de Freitas)

A rede pública de ensino está encolhendo no Paraná. Segundo dados preliminares do Censo Escolar da Educação Básica 2019, divulgados ontem pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), na comparação com 2018, o estado registrou 11.451 matrículas a menos.

Em 2019, os dados do Inep mostram um total de 2.064.602 alunos matriculados em escolas estaduais e municipais do Paraná. Um ano antes, eram 2.076.053, o que aponta para uma redução de 0,55%. Já comparando aos dados de 2014, verifica-se uma redução ainda maior, de 2,51%. Naquele ano, foram 2.116.509 matrículas nas rede pública de ensino.

No comparativo entre 2019 e 2014, as reduções mais significativas ocorreram no ensino fundamental e no ensino médio. Para o primeiro, a redução no número de matrículas foi de 8,5%, passando de 1.255.067 para 1.148.213. Já no segundo, a queda verificada foi de 20,16% - de 403.307 para 335.621.

É certo que fatores demográficos interferem nesses dados. Segundo projeção do IBGE, entre 2014 e 2019 a população do Paraná com idade entre 5 e 19 anos caiu 5,97%, passando de 2,52 milhões para 2,37 milhões. Com isso, acaba sendo até natural que entre menos gente na escola. Além disso, nos últimos anos pode ter havido também uma melhora do fluxo escolar, o que permite a mais pessoas terminarem as diversas etapas de ensino.

Por outro lado, também não deixa de ser sintomático o fato de que as escolas particulares, mesmo com a crise econômica e todas as questões já citadas, tenham aumentado o número de matrículas em período parecido. Importante destacar que aqui os dados analisados compreendem os anos 2014 a 2018.

Em 2014, as escolas particulares (considerando-se a educação infantil, o ensino fundamental, médio e EJA) possuíam um total de 398.763 matrículas. Em 2018, já eram 409.246 – um crescimento de 2,63%. O recorde no período analisado, porém, foi registrado em 2015, quando se atingiu o número de 409.373 matrículas. O destaque fica para o crescimento entre 2017 e 2018 — 0,6%, depois de dois anos de leve queda.

Alunos

Matrículas em Escolas Municipais e Estaduais
(Educação infantil, ensino fundamental, ensino médio e EJA)

2019
Creche 170.401
Pré-escola 215.280
Ensino fundamental 1.148.213
Ensino Médio 335.621
EJA (Fundamental e Médio) 133.828
Educação especial 61.259
TOTAL 2.064.602

2018
Creche 157.674
Pré-escola 220.996
Ensino fundamental 1.169.822
Ensino Médio 326.683
EJA (Fundamental e Médio) 136.151
Educação especial 64.727
TOTAL 2.076.053

2014
Creche 127.488
Pré-escola 160.286
Ensino fundamental 1.255.067
Ensino Médio 403.307
EJA (Fundamental e Médio) 125.496
Educação especial 44.865
TOTAL 2.116.509

Evolução das matrículas na rede particular de ensino
(Educação infantil, ensino fundamental, ensino médio e EJA)
2018 409.246
2017 406.710
2016 407.837
2015 409.373
2014 398.763

Fonte: Censo Escolar da Educação Básica, do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep)