Brasil

A Galaxy Event: Por que o mercado brasileiro é tão importante para a Samsung?

(Foto: Unsplash.com)

A empresa de produtos de tecnologia sul-coreana Samsung, que é bem conhecida por sua variedade de smartphones Galaxy, realizou o evento "A Galaxy Event" em abril passado, com transmissões ao vivo e eventos públicos em Milão, Bangkok e São Paulo. A razão pela qual a Samsung concentra sua atenção em mercados como o brasileiro, em lugares como os Estados Unidos ou o Japão, tem um transfundo muito interessante.

O poder da transmissão ao vivo

O fato de grandes empresas como a Samsung escolherem realizar seus principais eventos de apresentação usando ferramentas como a transmissão ao vivo, responde a razões muito simples, mas poderosas. Uma delas é permitir que seus usuários interajam em tempo real com os pontos mais importantes de um evento, fazendo com que percebam a grande importância que têm para as empresas.

Além do exposto acima, a transmissão ao vivo permite não perder nenhum detalhe da emoção desses eventos, sem a necessidade dos usuários se deslocarem para o local onde ocorre, o que é um benefício adicional para o conforto e facilidade de uso para qualquer um. Devido a isso, grandes marcas e empresas optaram por adotar transmissões ao vivo como parte de seu dia a dia.

Um exemplo disso no campo esportivo aparece dentro do Facebook, a rede social com o maior número de usuários do mundo, que se juntou à plataforma Esporte Interativo para transmitir ao vivo os jogos da Liga dos Campeões da Europa. Este fato permitiu que milhões de brasileiros apreciarem os jogos da competição, além de compartilhar seus comentários com os narradores e seus amigos em tempo real.

Outro exemplo na área de esportes é a plataforma DAZN, que por meio de uma assinatura, permite que seus usuários acompanhem eventos esportivos das principais ligas do mundo, como a Série A Italiana, a La Liga 1 Francesa, a J-League do Japão, além de alguns dos principais eventos e competições de tênis e boxe. Na indústria do entretenimento, aparecem empresas como o Betway cassino, que permite a seus usuários participarem de jogos como pôquer, roleta e blackjack, através de transmissões ao vivo. Nesse palco, os usuários podem ver crupiês através de sua tela e interagir com eles para fazer suas apostas ao vivo, levando toda a emoção e o contexto de um cassino, sem a necessidade de se mudar para um desses centros de entretenimento. Por sua vez, um dos eventos que se tornou mais popular em 2018 e que também aproveitaram do uso das transmissões ao vivo, foi o festival Lollapalooza Brasil, que, como mostra o site do MSN, foi transmitido por diversas plataformas, como Multishow Play e Bis Play.

Por meio do uso de diferentes hashtags nas redes sociais, essas empresas buscaram promover a interação entre seus usuários, que desfrutaram de um ótimo espetáculo durante os dias 5, 6 e 7 de abril. Exemplos como os anteriores abundam em diversas indústrias, já que assim como a Apple faz com seus Keynotes ao trazer novos produtos de tecnologia para o mercado, universidades como a Unicamp o fazem para transmitir eventos de ciência e tecnologia, e também o utilizam milhões de pessoas desde seus smartphones, aproveitando os recursos que aplicativos como o Facebook ou o Instagram oferecem.

Pexels.com

Por que escolher o Brasil para um evento desse tipo?

Como mencionado acima, a transmissão ao vivo é um recurso muito valioso nesta nova era tecnológica, e concentrar os esforços de grandes empresas como a Samsung tem suporte bem analisado. Uma dessas razões é que o mercado de smartphones no Brasil já possui mais de 230 milhões de aparelhos em uso, como mostra o site da Época Negócios.

O acima, também se tornou uma janela de oportunidade para os empreendedores cianortenses, que desenvolvem aplicativos para smartphones, e buscam aproximar as pessoas, independentemente de onde estejam. Com referência ao exposto, o Brasil é um país que adotou de maneira muito positiva o uso de aplicativos para smartphones em diversos setores, uma vez que facilitam a compra de produtos, a interação social e até o pagamento de serviços. Um exemplo disso, se destaca porque, graças aos dispositivos móveis, evitam-se filas em busca de serviços de empresas como a Copel, permitindo que seus usuários realizem serviços de rotina, sem a necessidade de enfrentar viagens aos escritórios da empresa.

Além do exposto, outro exemplo claro da forte penetração dos smartphones no mercado brasileiro, são as habilidades de multitarefa e interação que esses dispositivos permitem aos usuários. É aqui onde os smartphones se tornam uma ferramenta de comunicação, entretenimento e interação entre pessoas e empresas no Brasil, já que os brasileiros tendem a navegar na web enquanto assistem à TV.

De acordo com uma pesquisa do Instituto Ibope Conecta, 95% dos internautas usam as redes sociais, visualizam as páginas da Internet, resolvem seus problemas cotidianos e até interagem com as transmissões ao vivo que veem na televisão, enquanto se encontram na frente deste eletrodoméstico. As citadas acima são apenas algumas das razões para a grande importância no mercado de smartphones para os brasileiros, já que a grande população do país e o elevado número de smartphones que são usados diariamente, são razões suficientes para colocar este país na vanguarda do mercado de tecnologia.

Pixabay.com


A expectativa é de que, para este 2019, o Brasil supere os 420 milhões de aparelhos eletrônicos ativos, ultrapassando de longe, os dois aparelhos por habitante que já existiam no ano passado. Devido a isso, transmissões ao vivo tornam-se uma ferramenta primordial para facilitar a interação entre empresas e seus usuários, independentemente de onde estejam localizados.